Sintomas de depressão 13 sinais que você precisa conhecer

Centro Integrado Nossa Senhora de Fátima

Depressão

Postagem: 16/04/2021 | Local: Brasil | Visitas: 206


Sintomas de depressão, você sabe reconhecê-los? Depressão ou transtorno depressivo maior é um transtorno de humor comum, porém grave. Os sintomas de depressão afetam a maneira como você se sente, pensa e lida com atividades diárias, como dormir, comer ou trabalhar.


Os sintomas de depressão devem estar presentes por pelo menos duas semanas para que um indivíduo seja diagnosticado.
Desse modo, algumas formas de depressão são ligeiramente diferentes, ou podem se desenvolver sob circunstâncias únicas, tais como:

13 Sintomas de depressão

Então, se você tem experimentado alguns dos seguintes sinais e sintomas a maior parte do dia, quase todos os dias, durante pelo menos duas semanas, você pode estar sofrendo de depressão:

1.    Humor triste, ansioso ou “vazio” persistente;
2.    Sentimentos de desesperança, luto ou pessimismo
3.    Irritabilidade
4.    Sentimentos de culpa, inutilidade ou desamparo
5.    Perda de interesse ou prazer pela vida, hobbies e atividades
6.    Diminuição da energia ou fadiga
7.    Mover ou falar mais devagar
8.    Sentir-se inquieto ou ter problemas para ficar sentado
9.    Dificuldade de concentração, lembrança ou tomada de decisões
10.    Dificuldade para dormir, despertar de manhã cedo ou dormir demais
11.    Apetite e / ou alterações de peso
12.    Pensamentos de morte ou suicídio, ou tentativas de suicídio
13.    Dores, dores de cabeça, cólicas ou problemas digestivos sem uma causa física clara e / ou que não se aliviam mesmo com o tratamento.

Como perceber os sintomas de depressão?

Contudo, nem todo mundo que está deprimido experimenta cada sintoma. Porque algumas pessoas experimentam apenas alguns sintomas. No entanto, outros indivíduos podem experimentar muitos. Vários sintomas persistentes, além do humor baixo são necessários para um diagnóstico de depressão maior.
Pessoas com apenas alguns, mas angustiantes, sintomas podem se beneficiar do tratamento de sua depressão “subsindrômica”. Assim, a gravidade, a frequência dos sintomas e quanto tempo eles duram variam dependendo do indivíduo e sua doença particular. Os sintomas também podem variar dependendo do estágio da doença.
Dica rápida: Não há duas pessoas afetadas da mesma forma por depressão e não há uma “receita de bolo” para o tratamento. Pode ser preciso algum teste e erro para encontrar o tratamento que funciona melhor para você. Portanto, é muito importante que você agende uma consulta.
 
Fonte imagem: sergiorosa.com.br
Fonte: www.vittude.com