Sobre o CAPS AD III Capela do Socorro:

O Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas III – Capela do Socorro foi inaugurado em 07/11/2007. Foi o primeiro serviço especializado para acolher a população com problemas decorrentes do uso, abuso e/ou dependência de álcool e outras drogas, nas regiões de Capela do Socorro (Distritos Administrativos: Socorro e Cidade Dutra) e Parelheiros, região Sul do Município de São Paulo. Tem como proposta ser um ambiente acolhedor para atender as demandas de tratamento e assistência, de forma que garanta a hospitalidade, a escuta diferenciada e o respeito às singularidades de cada sujeito. É um serviço aberto, com acolhimento diário de segunda à sexta - feira das 7 às 19h, para usuários que buscam o atendimento especializado. Em fevereiro de 2017 migramos para o funcionamento 24 horas por dia, ofertando a acolhida integral. Destacamos que, por sermos um serviço especializado, nosso cuidado é pautado na vinculação e em avaliações multidisciplinares constantes para acolher o individuo de forma mais adequada e considerar assim o foco de seu acompanhamento, podendo utilizar como estratégias o acolhimento integral, programas intensivos diários, dentre outros.


Ver Galeria
O cuidado inclui as seguintes atividades:
  • Atendimento individual (medicamentoso, psicoterápico, de orientação, familiar, entre outros);
  • Atendimento em grupos (psicoterapia, grupos operativo, atividades de suporte social, entre outras) com a Pandemia seguimos a recomendação de 5 a 6 pessoas incluindo o profissional que realiza o grupo;
  • Atendimento em oficinas (música, arte, expressão, culinária, futebol, relaxamento);
  • Visitas e atendimentos domiciliares;
  • Atendimento à família;
  • Atividades comunitárias enfocadas à integração do atendido na comunidade e sua inserção familiar e social;
  • Atendimento de desintoxicação;
  • Medicação assistida;
  • Busca ativa na rua e sensibilização para o tratamento na cena de uso - CAPS Rua;
  • Acolhida integral por período de quinze dias ou mais, dependendo do Plano Terapêutico Singular de cada atendido. Outras ações de cuidado:
  • Matriciamento na rede: realizamos mapeamento territorial, diagnóstico de recursos para intervenções preventivas de saúde, assistência à dependência de álcool e outras drogas e redução de danos sociais e à saúde. Além da articulação e discussão com os serviços da rede de saúde e intersecretariais.
  • Identificação em campo das barreiras que estejam dificultando o acesso da comunidade ao CAPS;
  • Ampliação da visibilidade do serviço prestado no CAPS à comunidade;
  • Participação em fóruns e congressos;
  • Sensibilização de profissionais de diversas áreas, favorecendo o acesso a informações relacionadas à dependência química, abordagens terapêuticas e manejo;
  • Sensibilização da comunidade para diminuição do preconceito e estigma com relação ao usuário de drogas;
  • Articulação com serviços intersetoriais para participação em outras atividades (exemplos: práticas corporais/atividade física, atividades de cultura e lazer);